O SUAVE TOM DO ABISMO



O suave tom do abismo


Na trilogia “O suave tom do abismo”, Diedra Roiz nos conduz através do frio e da escuridão.

Em um mundo em que a ausência de luz é cotidiana e o sol não é nada além de descrições em livros proibidos, enxergar além do que a própria visão permite é uma dádiva. Os costumes, tão afincados quanto a escuridão, não dão espaço para quem queira viver fora da norma. Mas e quando isso não é uma escolha, e sim a essência?


“O suave tom do abismo” é um romance ambientado em um futuro fictício, primeira – e absolutamente bem estruturada! – aventura de Diedra Roiz por essas terras. Além da novidade da ficção, Diedra nos apresenta sua primeira trilogia.

Uma história de tirar o fôlego a cada nova descoberta, revelada claramente ou escondida nas entrelinhas. Cada nova conexão faz ficar mais difícil ainda parar de ler.




LIVRO DOIS - REFLEXÃO:

Leia os primeiros capítulos no wattpad:



LIVRO UM - ABSORÇÃO :

Videos de Divulgação do livro dois:


https://www.youtube.com/watch?v=YHnCtPSc0x0




Videos de Divulgação do livro um:

19 comentários:

  1. É difícil expressar em palavras meus sentimentos, após ler O Suave Tom do Abismo, a principio me questionei o porque deste titulo, não demorou dois capítulos e não só entendi o porque como também não consegui imaginar outro titulo para essa obra. Sabe aquele livro que você começa a ler e até esquece que tem uma vida lá fora? Aquele que você não quer parar de ler enquanto não termina? Então... Esse é O LIVRO. Envolvente, cativante, daqueles que te faz chorar, com uma história cheia de mistérios, cheia de segredos que vão se desvendando a cada capitulo. Minhas emoções ficaram a flor da pele, é como se eu pudesse sentir na pele todo o sofrimento e anseio de Alex e Sofia e por falar nelas... Como definir meus sentimentos por essas personagens? Encantada? Apaixonada? Acho que seria pouco para expressar o quão maravilhada estou com essas duas. Cada personagens tem seus encantos, exceto Samuel é claro rs. Luciana... o que falar dela? Como é difícil amar o diferente, o que foge das normas e regras, O Suave Tom do Abismo retratou tão intensamente o quão difícil é isso. Como ainda existem pessoas que vivem no escuro, nesse abismo, sem poder ser ou agir com a sua essência. Bom... Acho melhor para por aqui para não soltar mais spoiler (desculpa se fiz isso Diedra, mas sabe como é né?! Ainda estou na adrenalina de pós leitura sorry rsrs).
    Enfim, obrigada Diedra por essa leitura tão agradável e prazerosa... Literalmente você está se superando a cada dia, pode continuar assim, nós suas leitoras agradecemos e que venha o livro 2 (alias quando será publicado mesmo? #JáEstouAnsiosa kkkkk).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dayane...
      Vc me fez chorar aqui, sabia?
      de felicidade e emoção, claro!
      Estou super emocionada aqui...
      É tão maravilhoso poder compartilhar isso, uma história que ficou tanto tempo guardada e que eu nem sabia se conseguiria publicar um dia, nem sabia se conseguiria terminar esse primeiro livro pq muitas vezes eu sentia falta de ar e precisava parar de escrever...
      Se vc fez algum spoiler eu nem percebi, viu?
      E se fez, no problem, amada! Vc pode, viu?
      Obrigadíssima!
      Mesmo! Mesmo! Mesmo!
      Estou nas nuvens!
      bjo muito mais que ultra hiper suuuuuuuper mega abismalmente imenso e especial no seu coração!

      Excluir
    2. Eu é que agradeço por você ter compartilhado conosco uma história tão maravilhosa. Obrigada mesmo! E não esqueça, estou muito ansiosa pelo livro 2, mas tipo muuuito ansiosa mexxxmo rs. Bjs

      Excluir
    3. Imagina, Day!
      Eu que agradeço, né?
      Obrigadíssima!!!
      Sobre o livro 2, te respondo inbox, ok? ;)
      bjo no coração!

      Excluir
  2. Quando comecei os primeiros capítulos do livro, achei que seria pura ficção. Não demorou muito pra eu perceber que, na verdade, era a realidade.
    A escuridão constante, que no começo achei inimaginável, na verdade, está presente todos os dias na minha própria vida. E a Diedra conseguiu mostrar isso de uma maneira que nos abre os olhos.
    Chorei em diversas partes do livro, com a Álex, pela Álex, por mim e por todxs que ainda vivem assim... Se sentindo culpadxs, repreendidxs, agredidxs, lutando contra a própria essência. Sofri junto a cada gesto de carinho reprimido pelas personagens, por passar por isso todos os dias, a cada tentativa de esconder o que se sente por uma outra pessoa, por sentir na pele o quão doloroso é. Me identifiquei completamente quando tiveram que mentir, mentiras que nos machucam, até porque muitas vezes precisamos dizê-las para pessoas que amamos.
    Questões que fazem parte do nosso cotidiano, e que já nem chocam por se tornarem recorrentes... Desigualdade social, incitação ao ódio disfarçada como religião, pessoas que se julgam superiores e donas da verdade absoluta. Tudo apresentado de maneira genial pela autora.
    O Suave Tom do Abismo deveria ser lido por todo mundo, como uma luz para aqueles que já se habituaram com a escuridão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol!
      Tudo bem, linda?
      Primeiro preciso te agradecer imensamente o retorno maravilho: obrigadíssima!
      Me deixou muito emocionada.
      Infelizmente, é uma grande metáfora da realidade, não é tão ficção assim, né?
      Fico imensamente satisfeita pelo fato do livro conseguir de alguma forma possibilitar a reflexão e questionamentos a respeito das dificuldades que “ser diferente” suscita, pela identificação ou pelo estranhamento - e os efeitos que a intolerância e a não aceitação da diversidade é capaz de provocar.
      Muito, mas muito obrigada mesmo!
      bjo muito mais que imensamente suuuuper mega giga especial no coração!

      Excluir
  3. Ois!
    Passando pra responder a perguntinha que essa querida autora me fez depois que adquiri a obra!
    Se eu gostei?
    "É, não foi como eu esperava."
    "Foi muito melhor, Diedra. De um jeito que eu nunca poderia imaginar. Tão perfeito que... Ah, eu quero repetir..." E já estou repetindo kkkkkkkkkkkk recomecei a ler e vou adquirir o exemplar impresso pra ter o que abraçar quando eu terminar hahaha Olha, eu gosto MUITO de ficção e nunca encontrei nada nessa linha em literatura lésbica, a não ser contos. Apesar de ser totalmente diferente de "O livro secreto das mentiras e medos", é muito gostoso notar seus traços em alguns trechos... Seu cuidado com as palavras, com os diálogos. Sério, eu senti uma satisfação genuína kkkk ao ler o primeiro "Bom sono" *-* Como poderia haver um "boa noite"??? São esses pequenos detalhes que fazem a diferença sabe, que grava na mente e no espírito... Aiiii eu to apaixonada por esse livro, não só por ser um romance entre mulheres, muito além disso! Tem tanta bagagem, você deixou MUITA coisa no ar e isso instiga demais (mata quem tem Distúrbios de Ansiedade viu? Hum rsrs) A minha cena preferida (sim, cena! Pq eu vivi com elas essa noite, passei cada detalhe observando de perto... Chorei tb admito) é a cena delas empurrando a carruagem do Júlio das Traças ... Ai meu Deus que cena mais delicada, tão breve e tão importante. Tão íntima que me senti invadindo... Quando a XX morre (não foi suicídio, eu tenho CERTEZAAA, por um mero detalhe técnico u.u e sei que você deixou no ar pra lançar a gente de novooo ao abismo daquele momento de perda) sério, foi esmagadoramente marcante! As pessoas na casa do Juliooooo, que foi aquilo???... Foi um relance, um fio de esperança, de dúvidas, de curiosidade, queria mais, queria saber tudoo e vc só deixou entrever uma fresta... Foi como olhar para uma fechaduraaa viooo, e ainda ser míope (escutar como um lince, mas totalmente míope aaarrggh!) A cenas de amor não poderiam ter sido melhores, na minha humilde opinião u.u você foi mais perfeita que a Alex rsrs e eu a aplaudo por isso Diedra. Foi lindamente lindo e muitíssimo significativo. Os personagens estarem o tempo todo em uma penumbra, torna tudo mais profundo e sensível... Tanto as aflições, quanto os pequenos momentos felizes... Alex, na minha opinião, é a personagem mais enigmática que você já criou. Um misto de fortaleza e algodão hahaha sério, é essa a impressão que ela deixou mesmo "Aço e veludo" *-* Nada grosseiro, simplesmente Alex, sem precedentes! Enfim, coisas como Mercado Público, Cidade Alta, Cidade Baixa, Casa do Senhor... Lugares que você criou e que realmente existem, você fez isso acontecer rs. Cruzando todos os dedos que tenho para que o livro faça tanto sucesso que você será obrigada a escrever mais três histórias paralelas depois que terminar o terceiro u.u Prepare-se pq vai faltar papel nas gráficas!!!!!!!

    PS: Ela falou que era pra deixar os spoilers, então... NÃO ME MATEM! hahaha ><

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk
      Bibi, sua linda!
      Perfeito, sem spoiler! Arrasou!
      Como te agradecer, né?
      Um comentário desses... Tão maravilhoso! Fez meu coração transbordar, estou super emocionada, nas nuvens aqui!
      Muito, mas muito obrigada mesmo!!!
      Depois disso vou escrever todas as histórias paralelas que vc quiser, viu?  
      bjo muito mais que suuuuuuuper ultra mega especial e abismalmente hiper gigantesco no seu coração!!!

      Excluir
  4. Não é segredo que sou fã do que escreve...já era... há MUITO tempo....Comprei e compraria qualquer obra sua no escuro, pq confio, conheço seu talento, a sua competência e o quão dedicada é...não tem como produzir algo que não seja, simplesmente, sensacional...

    Não é segredo que absorvo muito do que leio...(como vc absorve tudo antes de escrever).....me provoca ira,expectativa, satisfação, ansiedade, .... E uma história com uma boa história pra contar trancafia minha atenção e me torna refém, não consigo parar enquanto eu não terminar.

    Mas com Suave Tom do Abismo foi diferente, parei no terceiro capítulo e dali não conseguia sair....me deparei com uma necessidade de sentir, de avaliar ,de refletir sobre o que o enredo apresentava pra mim, tive receio de avançar de forma visceral como sempre fiz, e perder.... e eu não podia perder nada, nada do que foi escrito justamente pra ser sentido....sabia, tinha certeza que tinha ali muito além do que eu superficialmente percebia....minha mente trabalhou... E trabalhou freneticamente na ânsia de desvendar a riqueza e a densidade do que eu havia lido até ali. E, de fato, a vida é muito mais do que encontros e desencontros... Toda decisão traz consigo uma carga gigante de sentimentos, vontades, de razão...de expectativas.., e de consequências. O Equilíbrio, a segurança, a felicidade, o sofrimento…tudo é uma questão de perspectiva…o que me faz feliz nem sempre é o que faz o outro feliz.... O que me faz fraquejar pode não ser um empecilho para alguém.... o abismo...a escuridão e a luz estão por todo lugar e sempre se esbarrando, se misturando diante dos nossos caminhos.....nada na vida é, de fato, tão cristalino, então porque os sentimentos seriam?.....e segredos......bem...pequenos segredos todos nós temos....a grande questão é reconhecer e aprender a conviver com todas essas sensações que hora nos encorajam...ora nos acovardam...ora nos oferece felicidade e plenitude, e ora nos oprime, porque lidar com as consequências das nossas escolhas é o que fazemos o tempo todo.......e, no meio disso tudo, dar o devido valor ao que nos conforta.....

    Nessa madrugada terminei a leitura......com a sensação de que o fim não é o fim, e com a convicção de que não é o tipo de leitura que te conta apenas uma história...Te faz pensar nas escolhas, no destino, no falta do controle das consequências, no significado dos encontros, dos desencontros, dos sentimentos que chegam e desnudam, sem a mínima cerimônia, a alma. É uma história tão intensa que eu poderia lê-la 100x e ainda assim novas reflexões se apresentariam pra mim....por hora, fica a sensação de que é a ficção mais real que já li na vida.....#quevenhaosegundo

    ResponderExcluir
  5. Espero que um dia os seus livros cheguem em portugal para eu poder ler tambem, quando vi Cristiane Schwinden falar do seu livro em seu blog fiquei logo intrigada com a historia e vi aqui pesquisar. Pena que os vossos livros não chegaram ainda em portugal. Quando um dia chegarem serei a primeira a comprar :) Boa sorte para a sua escrita não desiste, mesmo não podendo ler eu quero dar muito o meu apoio :)
    Beijinhos de Portugal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alexandra!
      Tudo bem linda?
      Meus livros são todos vendidos somente pela internet, enviamos para fora do Brasil também, se vc quiser O SUAVE TOM DO ABISMO ou qualquer outro, basta me enviar um email (diedraroiz@gmail.com), pois esta parte de envios internacionais é direto comigo, ok?
      Aguardo seu email!
      bjo suuuuuuuuuper especial e abismalmente giga no coração!

      Excluir
  6. Ouvi... Mais do que isso. Aprendi seu nome através da constante e insistente repetição. Minha querida (e desvairada) amiga, repetiu milhões de vezes no meu ouvido... Diedra isso, Diedra aquilo, O livro ta acabando... Que desespero, o livro acabou, o mundo vai acabar, etc, etc...
    Do alto da paciência, peculiar ao meu ser, me ocorreu até gravar seu nome em um tijolo para jogar nela. rsrs... Brincadeiras a parte, vamos a minha percepção sobre seu texto.

    Inicialmente, devo dizer que não tenho (Ou não tinha rs) o hábito da leitura. Sendo assim, iniciei sem pretensões e absolutamente isento de expectativas. Apesar disso, sou um fã de boas histórias e posso afirmar categoricamente que fiquei surpreso e verdadeiramente instigado a ler a continuação da sua fantástica criação. O uso, quase abusivo, de um português lindamente rebuscado engrandeceu enormemente a leitura. Além disso, o modo como a cronologia dos fatos foi quebrada em várias linhas do tempo... Ausente de fios soltos ou inconsistências. Os meandros do tempo conectados de modo a permear a história de mistérios e subsequentes explicações... Simplesmente fantástico. É notório o esmero empregado em cada linha. A densidade atribuída aos sentimentos reprimidos e percepções de mundo de cada personagem me fizeram abstrair tudo ao redor enquanto permanecia perplexo ao ler e me deparar com toda aquela escuridão. E por falar em escuridão... Por vezes tida como vilã, em outros momentos até foi usada em benefício próprio. Me considero uma pessoa densa, dou muito significado a coisas não palpáveis como sentimentos, etc. Acho que isso foi um dos sutis detalhes que me prendeu a história desde o princípio. Toda aquela escuridão me soou estranhamente familiar. Outro detalhe que me agradou bastante foi a profundidade e a minúcia atribuída a descrição quase tangível de cada sensação e cada sentimento. Pude observar muita cautela e respeito ao abordar as contradições e incoerências quanto ao que se considera certo e errado sobre religiosidade, sexualidade e conflitos sociais. É uma história forte, pesada. Um passado cruel, um presente inebriado por uma constante tensão e um futuro cuja única certeza é o incerto. Este trio coexistindo na plenitude da Absorção, me fez ansiar pela Reflexão. O modo como Sofia (vulgo Alícia) fitou nosso querido e sádico reverendo na última página... Senti como se fosse eu. Nasceram chamas naqueles olhos. Uma luz ofuscante emanando de um olhar que não se desvia. Se o intuito de findar o livro no clímax da história foi causar um absoluto desespero ao perceber que era a última página... Parabéns, vc conseguiu rsrs...

    Para finalizar, gostaria de compartilhar algo. Ironicamente, uma das personagens possui o mesmo nome de alguém que, assim como ocorreu com Álex, preencheu meu pensamento por muito tempo. Ao ver aquele nome atribuído a sua personagem daquele modo, tão significativo para o desenrolar da história... Mal soube definir minha reação, tamanha foi a perplexidade estampada nos meus, momentaneamente arregalados, olhos. A história já é impactante... Ficou mais rsrs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente descrição da maravilha que é esse livro!

      Excluir
  7. Li O Suave Tom do Abismo em uma madrugada. Após receber o livro, demorei pra começar a ler porque estava me poupando da sensação de término hahah Eu nunca comentei nada aqui, até demorei pra deixar minha opinião sobre o livro, mas já acompanho suas histórias há tempos. Sei o quanto sua escrita pode ser apaixonante e viciante e sabia que eu precisava me preparar, porque quando começasse não iria conseguir parar. Dito e feito. O livro é muito envolvente, me transportei para o mundo das personagens, no meio da escuridão com elas, sentindo o mesmo que elas estavam sentindo e vivenciando tudo o que elas passavam. É uma ficção muito bem elaborada, um livro forte, posso dizer, abordando temas difíceis e pesados, com críticas sociais e atuais. Não vejo a hora de ler a continuação!

    ResponderExcluir
  8. OMG... Já acabou?! Um cisco caiu no meu olho... Snif Snif Snif... Eu quero mais... Muito mais!!
    Querida autora, agradeço aos “anjos” por toda a inspiração que teve para escrever essa obra fascinante. Estou maravilhada com a trama envolvente e viciante e, com todo o rico detalhamento dos ambientes e personagens, esses últimos são tão reais e palpáveis que chego a ter medo. Estou adorando odiar o vilão estereotipado e convincente e tão parecido com tantos “chefes” religiosos espalhados pelo mundo. Seres que causam problemas incomensuráveis e dores profundas na mente e, infelizmente, às vezes nos corpos, quando saem disseminando o mal e alienando pessoas que tem preguiça de pensar e medo de agir.
    Alex e Sofia, como eu me descobri amando essas duas. Pessoas tão diferentes e tão iguais ao mesmo tempo. Mulheres que mesmo com o peso do mundo nas costas não deixam de buscar incessantemente a plenitude do ser. Em todos os momentos elas encantam e viciam, são maravilhosamente problemáticas e deliciosas juntas, com vidas conturbadas e sufocantes, mostrando que a maior prova de rebeldia é continuar vivendo e buscando ser feliz!
    Eu confesso que leio de tudo um pouco, mas, verdadeiramente, pouca coisa me comove de tal modo como as marcas que esse povo sofrido é obrigado a carregar. Sim, todo o povo e não só as protagonistas. Pois nem só os excluídos declarados são os sofredores desse mundo caótico. Tantas vezes os que se adaptam a opressão sofrem também por saber que os seus (filhos, irmãos, amigos, etc.) sofrem e são rejeitados.
    Eis que a sua fabulosa imaginação me levou inúmeras vezes para os arredores das cidades e para a escuridão das vidas dos personagens. Mas, como tudo tem seus prós e contras, ainda embevecida descubro que não estou lendo uma obra única e sim a primeira parte de uma trilogia. Eis o momento em que me vi sem saber se chorava ou se sorria. Chorar por ansiar desesperadamente pela continuação e sorrir por saber que vem muito mais por aí. Querida autora, por que fizestes isso comigo!? Tsc Tsc Tsc.
    Agora, resta a você lançar o 2º volume porque eu estou ansiosa demais... Órfã demais... Necessitada demais...

    ResponderExcluir
  9. Dy .. .

    Me diz onde eu consigo achar o terceiro... eu estou impregnada de Alex, Maíra e Sófia.... meu Deus a Talita amo!!!!
    Preciso necessito saber do terceiro!@!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O terceiro ainda não foi publicado, vai ser lançado no final deste ano, espero que vc goste!
      bjo suuuuuuuuuper especialmente abismal no coração!

      Excluir
  10. Olá Senhorita Roiz, conheci seu trabalho atraves de uma mulher muito especial pra mim. E ela esta se apaixonando nos seus livros. Queria dar de presente pra ela a sua coleção, mas como não onde encontrar, até porque já procurei em várias livrarias. Queria saber se para comprar qualquer um dos seus livros é somente via internet?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Camila!
      Tudo bem, linda?
      Em primeiro lugar, obrigadíssima pelo carinho, mande um beijão pra essa mulher especial, viu?
      Vc não vai encontrar meus livros em nenhuma livraria, pq infelizmente as livrarias cobram 50% do valor do livro para vendê-los em seus sites e lojas e ainda não podemos arcar com tal valor, seria prejuízo, entende?
      Por isso, meus livros só são vendidos no site da editora que os publica, a Editora Vira Letra:
      https://www.editoraviraletra.com.br/loja
      Qualquer dúvida, me mande msg, ok?
      bjo suuuuuuuuuper especial e gigantesco no seu coração!

      Excluir

Deixe seu comentário, sua opinião é muito importante!