LUAS DE MARIAS

A versão impressa (livro físico) de LUAS DE MARIAS está ESGOTADA

Para adquirir a versão digital (ebook) acesse:



O LIVRO
No inesperado encontro de vidas tão distintas, o maior obstáculo é a diferença de mundos, objetivos e ideologias.
O sinal vermelho é o suficiente para parar Cris - impaciente, mas obediente. Do lado de fora, sem regras, Maria está sentada na calçada, emoldurada pela lua que começa a surgir. No entanto, a sinaleira é a única intersecção da vida das duas. 
Será a atração que a artista de rua e a advogada sentem uma pela outra, no tempo ínfimo que lhes permite o sinal vermelho, o suficiente para unir universos tão diferentes e opostos?
Escrito a quatro mãos pelas escritoras Diedra Roiz e Wind Rose, Luas de Marias é mais um grande sucesso da literatura lésbica da internet.

DIEDRA SOBRE O LIVRO:
O que dizer sobre "Luas de Marias"? Sou suspeita demais, pq a Maria Lua foi um presente da Wind Rose pra mim, ela me chamou com uma carinha de quem estava aprontando: “vem aqui ler uma coisa”. Era a primeira cena da história, claro que eu amei, né? Mais ainda quando ela perguntou: “vamos escrever juntas? Vc escreve a Maria Lua?”. A apresentação maravilhosa da nossa amada amiga e brilhante escritora Danieli Hautequest Nunes Furlan é perfeita:
“A dança ininterrupta das cores do semáforo ditam os tons das buzinas, da pressa e da impaciência de alguns, enquanto abre caminho para a alegria, o talento e a esperança de outros. A arte das ruas com seus malabares e encenações sobre a faixa contrasta com os carros e sua falsa proteção de vidro e metal.
Segregação.
Distância que é minimamente ultrapassada por poucos pelo senso de dever das gorjetas. Caridade que ilude a consciência e ajuda a anestesiar ainda mais o coração. 
Vermelho.
Os olhos se distraindo por instantes. 
O mar. O sol caindo. A lua surgindo.
Ela.
Olhar enluarado procurando olhos nublados.
Sorrisos.
Verde.
Turbilhão.
Em um inusitado e breve encontro, Cris saiu com o estranho sentimento de ter deixado um pouco de si e ter carregado com ela um pouco daquele olhar. Maria, ao sorrir e querer desanuviar os olhos de neblina, não fazia ideia de ter desencadeado algo poderoso, que mudaria suas vidas de uma maneira inimaginável.
Duas personalidades e realidades díspares. A doutora das aparências e afirmações, a hippie das emoções e do subjetivo.
Uma quebrando as verdades da outra.
Desconhecendo. Descobrindo.
Convergência de mundos.
Seria a atração suficiente para transpor tantas possibilidades de não?

Em Luas de Marias, Diedra Roiz e Wind Rose, além de falarem de várias formas de amor com o talento e a emoção de costume, nos instigam a rever conceitos e preconceitos. A ter coragem de aceitar e nomear o que realmente importa. A não somente sentir, mas permitir-se ser. E, principalmente, revelar-se.”

Leia a APRESENTAÇÃO e o PRIMEIRO CAPÍTULO
Que tal ler a apresentação (lindamente escrita pela Danieli Hautequest) e o primeiro capítulo? Acesse:
https://www.wattpad.com/story/85031152-luas-de-marias/parts


ADQUIRA O SEU:

A versão impressa (livro físico) de LUAS DE MARIAS está ESGOTADA

Para adquirir a versão digital (ebook) acesse:
ebook LUAS DE MARIAS  






Videos de Divulgação:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sua opinião é muito importante!